Biografia de Dong Yu Lan

No ano de 1920, na cidade de Nimbô, província de Chekiang, nascia Dong Yu Lan, aquele que mais tarde seria um importante propagador do evangelho do reino de Deus na América do Sul. Ele se tornou um homem de negócios desde muito jovem. Isso lhe deu muitas experiências humanas, espírito de empreendedorismo, ampla visão de negócios e gerenciamento de empresas, que se tornaram importantes para que mais tarde fosse usado pelo Senhor, assim como ocorreu com Moisés, Isaías, Amós e tantos outros servos de Deus (Êx 3-4; Is 6:5-8; Am 7:14-15). Recentemente ele disse a um grupo de cooperadores seus que desde jovem trabalhou muito no campo secular, para ser aperfeiçoado, a fim de servir ao Senhor na igreja e, hoje, faz isso com toda dedicação, para, no futuro, ser ainda mais útil a Ele na manifestação de Seu reino. Em suas mensagens, Dong Yu Lan sempre destaca que o Senhor Jesus, quando esteve na terra, não colocou Seus discípulos em uma sala de aula para instruí-los, ensiná-los ou dar-lhes regras para seguir; antes, no dia a dia andava com eles e usava os acontecimentos cotidianos para aperfeiçoá-los (Lc 8:1-3; At 1:21-22).

Um servo de Cristo em prol da obra de expansão do reino de Deus e do crescimento em vida de Seus filhos

O avô de Dong Yu Lan era muito rico, e como seu pai era filho único, herdou toda a fortuna da família; contudo, por ter dificuldade de administrá-la, acabou perdendo tudo. Dessa forma, Dong Yu Lan, ainda bem jovem, embora sendo o filho caçula entre os varões, teve de trabalhar duramente para ajudar no sustento da família. Chegou a andar a pé para economizar o dinheiro do ônibus a fim de entregá-lo para sua mãe. Sua responsabilidade era tanta que, aos 17 anos de idade, levou cinco caminhões de ferragens de Xangai para a Indochina, atravessando a Birmânia e outros países, para vender o material na região. Nesse percurso, três caminhões quebraram e tiveram de ser deixados no meio do caminho. Ele levou dois caminhões ao destino, desmontou um deles e voltou com as peças para consertar os outros três. Ao passar por essas e muitas outras dificuldades, foi amadurecendo e aprendeu a administrar cada situação que lhe aparecia à frente, tornando-se um empresário bem-sucedido. Mais tarde constituiu família e, em 1955, teve uma experiência genuína de conversão a Deus.

Um dia, seu irmão mais velho o levou a uma reunião da igreja para ouvir o evangelho. Ao término da reunião foi abordado por um irmão que lhe disse: “Senhor Dong, você sabia que todos os homens pecaram; que todos nós somos pecadores?”. Ao que ele respondeu: “O quê? Eu, um pecador? Não, eu nunca fiz nada errado!”. Disse isso porque, assim como Jó, ele se considerava uma pessoa reta, perfeita e que se apartava do mal (Jó 1:1); e completou: “Vocês são pecadores, eu não!”, e foi embora. Mais tarde, ele foi iluminado pelo Senhor e reconheceu sua verdadeira condição; arrependeu-se, foi salvo e batizado. Depois disso, sua situação mudou: ao acender um cigarro para fumar, sentiu um sabor horrível; era o Senhor libertando-o desse vício; também perdeu o desejo de beber e jogar, pois pouco a pouco, a vida divina que havia recebido foi crescendo nele, levando-o a ter um viver consagrado a Deus.

Pela grande responsabilidade que também passou a ter pelos interesses de Deus, rapidamente se tornou um presbítero da pequena igreja na cidade de Tin Mei, a qual, mais tarde, foi incorporada à cidade de Taipei. Como havia necessidade urgente de que a visão da unidade do Corpo de Cristo fosse divulgada por toda a terra, em 1958 os irmãos que tinham essa visão e prática em Taiwan, foram encorajados a imigrar ao Ocidente, a fim de propagar essa importante revelação que haviam recebido do Espírito. Entre os que responderam ao chamamento do Senhor para migrar, estava o irmão Dong, que, com simplicidade, atendeu prontamente à necessidade de Deus. Assim, dois anos depois, em 1960, chegou ao Brasil com a esposa e cinco filhos (mais tarde teve mais uma filha), passando a residir na cidade de São Paulo.

Desde o seu chamamento foi sempre acompanhado e sustentado em oração por sua esposa, a irmã Ester, que o encorajava a servir ao Senhor, apesar de muitas vezes ele se deslocar em longas viagens, enquanto ela cuidava das responsabilidades domésticas. Durante todo esse tempo que passaram juntos, enfrentaram muitas lutas espirituais e turbulências, próprias de quem serve e conduz com firmeza e fidelidade a obra do Senhor. Em 9 de fevereiro de 2008 a irmã Ester dormiu no Senhor.

No ano de 1975, o irmão Dong recebeu o encargo do Espírito para ajudar as igrejas no Brasil e as demais na América do Sul a invocar o nome do Senhor e ler-orar a Palavra a fim de ganhar vida, viver no espírito e andar em comunhão com Deus. Nessa época ele foi convidado para ministrar a um grupo de jovens na cidade de Ribeirão Preto e ali seu encargo principal foi levá-los a invocar o nome do Senhor. As igrejas experimentaram uma renovação espiritual muito grande a partir dessa época. Como fruto desse labor ao Senhor, atualmente em toda a América do Sul, há mais de três mil igrejas levantadas, comprovando que o encargo que recebera foi proveniente do Espírito.

Outra característica marcante desse servo de Deus é ajudar as igrejas a não apenas ouvir e apreciar a Palavra de Deus, mas também praticá-la, aplicá-la no seu viver diário e divulgá-la a outras pessoas. Dessa forma, ao dar a devida importância ao nome e à Palavra do Senhor, as igrejas que recebem essa ajuda desfrutam hoje da realidade da igreja em Filadélfia, modelo de igreja normal mencionada pelo apóstolo João no livro de Apocalipse (3:7-13).

Há 40 anos, ano após ano, esse servo do Senhor tem ministrado conferências bíblicas a nível regional, nacional e internacional por toda a América do Sul, e em outros continentes quando é convidado. Seu maior encargo é ajudar os filhos de Deus a se preparar e apressar a volta do Senhor por meio da pregação do evangelho do reino (2 Pe 3:9, 12; Mt 24:14). Todo o seu viver e ministério são controlados por essa visão. Nas inúmeras viagens que tem feito por diversos países, sempre fala que “Cristo é a nossa vida e a igreja o nosso viver; promover a volta do Senhor é a nossa missão e reinar com Ele é a nossa meta”. Para atingir esse encargo e corresponder aos interesses divinos, ele tem auxiliado os filhos de Deus a tomar a Palavra como alimento e não como mero conhecimento.

A fim de registrar e divulgar as preciosas revelações dispensadas pelo Espírito a esse servo de Deus, durante as conferências por ele ministradas, a Editora Árvore da Vida passou a publicá-las em livros. Já são mais de 100 títulos produzidos e distribuídos em larga escala nos idiomas português, espanhol, inglês, alemão, italiano, francês e coreano. Uma das publicações de sua autoria, que tem ajudado muitos filhos de Deus a andar e viver no espírito, é o “Alimento Diário”, um periódico bimestral que hoje conta com mais de 40.000 assinantes.

O encargo que queima no coração de nosso irmão Dong, ao longo desses anos, é expandir a esfera do reino de Deus na terra, e isso ele faz cooperando com o estabelecimento do testemunho da unidade dos filhos de Deus em cada cidade. Para expandir a obra do Senhor na terra, o Espírito, por meio do irmão Dong, gerou alguns instrumentos eficazes como a Estância Árvore da Vida – extraordinário espaço para eventos, com capacidade para 10 mil pessoas, onde são ministradas conferências internacionais; a Editora Árvore da vida – casa publicadora de livros de sua autoria; o Jornal Árvore da Vida – que visa suprir a Palavra a todos os filhos de Deus por meio de artigos dirigidos a adultos, jovens, casais, pais e filhos; as Cooperativas de colportores – centros de divulgação e distribuição de livros para colportores e igrejas, instaladas nas diversas regiões do Brasil; o CEAPE – Centro de Aperfeiçoamento para Propagação do Evangelho e os Colportores – irmãos e irmãs que levam alimento espiritual aos filhos de Deus por meio da palavra escrita, além do projeto Expolivro Árvore da Vida – ônibus-livraria-biblioteca que viajava por toda América do Sul, levando a palavra de Deus de uma forma simples e prática. No Brasil, esses ônibus percorreram todas as capitais e principais cidades.

Certa vez, terminada uma refeição com seus cooperadores, Dong Yu Lan tomou um guardanapo e nele escreveu três pares de caracteres chineses, que significam visão, propagação e inovação. Quem o acompanha sabe que em seu ministério ele nunca se acomoda no que é tradicional, convencional; pelo contrário, sempre busca luz da parte do Senhor para ter nova revelação da Palavra. A característica de um inovador é muito forte em sua trajetória cristã, justamente por não se acomodar à estrutura espiritual obtida com as muitas experiências e longos anos de vida com o Senhor. Por suas palavras e atitudes, Dong Yu Lan demonstra sempre estar à frente de seu tempo. A visão do reino e consequente comissão de pregar esse evangelho a todos, o leva a buscar uma comunhão cada vez mais intensa com Deus. Assim, há pouco mais de quatro anos, foi lhe revelada uma ferramenta maravilhosa para facilitar e acelerar o contato com as pessoas por meio da palavra impressa: o BooKafé, cujo significado é livros que levam à Fé.

Dong Yu Lan também possui outro nome dado pelo seu pai no início dos seus estudos: Dong Mao Yi. É muito interessante que este ultimo nome descreve muito bem a sua personalidade. “Mao” significa esplêndido, grandioso, majestoso. “Yi” significa resoluto, decisivo, firme, persistente, perseverante ou resiliente. O primeiro caracter retrata bem a sua pessoa, que tem um brilho diferente, pensa grande, não é medíocre, possui um ar majestoso. O segundo caracter retrata bem as características de um homem empreendedor, determinado, resoluto, não hesita quando está convicto do que Deus quer, mesmo em meio a adversidades, ele é persistente, perseverante, que às vezes as pessoas confundem com mera teimosia; ele possui o que todo empreendedor de sucesso precisa ter, que é a resiliência, isto é, suporta as dificuldades até esgotar todas as forças. Essas características foram muito úteis para Deus na Sua obra.

Bibliografia

Dentre os livros de autoria do irmão Dong Yu Lan, destacamos os seguintes: Sucesso e fracasso de um líder; A salvação de uma sociedade em crise – livro de Juízes; Venha o Teu reino – Evangelho de Mateus; O servo fiel e prudente; A promessa da vida e o galardão no reino; Daniel – o destino do governo humano; A visão do tabernáculo; O caráter do homem de Deus; Um homem segundo o coração de Deus; O maior sofrimento de Jesus; Progresso espiritual; A volta do Senhor está próxima; O foco de Deus: o reino; Nossa visão e comissão; Os perigos do lado bom da alma e Como extrair vida da Bíblia? Todos publicados pela Editora Árvore da Vida.