Blog posts

Administrar coisas e o relacionamento com as pessoas.

Administrar coisas e o relacionamento com as pessoas.

Nachrichten, Palavras que edificam, Worte die aufbauen

A humanidade vive na era da informação, era da tecnologia, onde passamos a maior parte do tempo em frente de uma tela, quer seja de tv, computador ou celular. Com isso muitos valores foram perdidos, as pessoas passaram a dar maior importância na vida virtual do que a real e perdemos muito a capacidade e gerenciar coisas e nos relacionarmos com pessoas. Precisamos ter a consciência de qual deve ser nossa posição nesta era, qual postura temos que ter quando o tema é gerenciar as coisas e nos relacionarmos com as pessoas. José, filho de Jacó, era alguém que sempre soube discernir muito bem estes temas, quando se relacionava com as coisas e com as pessoas (comprovar, Gênesis 39) e seu exemplo pode nos ajudar muito.

„Assim José achou favor aos seus olhos [Potifar], e isto serviu a ele; e fez dele o superintendente de sua casa e deu tudo o que possuía em possessão ” (Gn 39: 4). Imagine: José, de escravo a mordomo. Como o relacionamento de José com as coisas que ele administrava não se baseava apenas em sua habilidade e honestidade, mas, acima de tudo, em seu relacionamento com Deus, „Jeová abençoou a casa do egípcio por causa de José, e a bênção de Jeová estava em tudo o que ele tinha, tanto em casa como no campo „(v.5). José tinha muitas coisas para administrar; Ele estava relacionado a muitas coisas, muitas riquezas. E ele fez isso muito bem, em tal ponto de enriquecer ainda mais o seu senhor.

Quanto ao relacionamento com as pessoas, José era respeitoso, leal e fiel. A esposa de Potifar „pulou“ várias vezes sobre José e queria dormir com ele (v7), mas ele a rejeitou todas as vezes, mencionando a confiança que seu senhor tinha nele: „Eis que meu senhor não se preocupa comigo o que está na casa já pôs na minha mão tudo o que tem „(v.8). Embora José não tivesse restrições sobre as coisas que Potifar tinha, havia uma pessoa que não foi colocada à disposição de José: a esposa de seu senhor.

Por não querer comprometer seu relacionamento com Potifar, e muito menos com Deus, José recusou-se a dormir com a esposa de Potifar e respeitou-a. Respeito é algo que esta geração na qual vivemos precisa aprender a ter, especialmente aqueles que, por um momento de prazer, fazem de tudo e pagam caro por isso, às vezes, com suas próprias vidas. Ao mesmo tempo, Jose era respeitoso com aquela mulher, Jose também era leal ao seu senhor. Ele sabia que não poderia perder a confiança por um momento de prazer. Finalmente, José foi fiel a Deus, sabendo que seria um pecado contra ele dormir com uma mulher, ainda solteira.

Para isso, amado leitor, perceba que, independentemente de quão forte é seu relacionamento com as coisas, o mais importante é não comprometer seu relacionamento com as pessoas. E lembre-se: as coisas, nós as administramos; as pessoas, nós respeitamos e a Deus vamos ser leais e fiéis.

Leave a Comment