Blog posts

A lição de nos entregarmos.

A lição de nos entregarmos.

Des paroles qui Édifient, Nouvelles, Palavras que edificam

“Não estais informados de que ao vos entregardes a alguém como escravos para lhe obedecer, sois escravos desses a quem obedeceis, seja do pecado para a morte, seja da obediência que leva à justiça? ”

(Romanos, 6:16)

Fomos ensinados a reter, a não nos render, a obter, a ganhar, a receber. Nossa vontade é sempre prevalecer. Mas, na verdade, ou nós nos entregamos ao pecado, para a morte, ou nos entregamos à obediência, que leva à justiça para a vida. E não há neutralidade, não há como ficar em cima do muro, pois, o muro, está no território da morte.

Quando nos entregamos à nossa vontade, para fazer o que queremos, para ter ou ser algo que almejamos, essa é a atitude de Adão quando se separou de Deus e experimentou a morte, morte espiritual e, depois, física. Ao contrário, quando nos entregamos à obediência, pela fé em Jesus Cristo, experimentamos a justiça de Deus por meio do corpo de Cristo crucificado e de seu sangue derramado, e isso nos leva à vida.

Nesse caminhar na fé em Jesus Cristo crucificado, experimentamos a cruz também, que é o negar a si mesmo e seguir o caminho da cruz.

O caminho da cruz é de pura entrega. Jesus se entregou, se rendeu, se submeteu em obediência. Assim acontece conosco também, vamos nos entregando, nos rendendo, nos submetendo ao Senhor, e isso nos leva à vida.

João Batista deu testemunho disso, declarando: convém que Ele cresça, e que eu diminua.

Assim ocorre no caminho da cruz, vamos entregando, nos rendendo e nos submetendo ao Senhor em obediência, vamos diminuindo e a vida de Cristo vai crescendo em nós.

Entregar, se render, se submeter ao Senhor que reina, é perder para ganhar. Perder, pela fé em Cristo Jesus, a nossa vontade egoísta, nossa inclinação por natureza ao pecado, se rendendo em submissão, se esvaziando, despojando de todo seu ser natural. Isto é diminuir e, assim, ganhar a verdadeira justiça pela fé, que é a vida dEle em nós.

Ele é o Rei dos reis, Ele é o Senhor dos senhores, que veio aqui reinar anunciando o Reino de Deus, veio sem coroa humana, veio reinar sem exército e armas, ia a pé, ou montado num jumentinho, mas foi rejeitado e morto na cruz.  Porém Ele ressuscitou, vencendo a morte, e em breve voltará. Ele voltará em glória, para reinar soberano por 1000 anos. A terra conhecerá o reinado de paz e justiça, nunca antes experimentado.

Agora, pela fé, nos entregando ao Senhor Jesus, nos rendendo, nos humilhamos, nos submetendo ao Seu reinado, vamos perdendo para ganhar, e seguimos nesse caminho da cruz, sofrendo com Ele, para que, depois, sejamos também com Ele exaltados em Sua vinda!

Leave a Comment