Blog posts

Quem é nosso maior inimigo?

Quem é nosso maior inimigo?

Des paroles qui Édifient, Nouvelles, Palavras que edificam

Certa vez, em uma reunião da igreja, um irmão estava falando sobre a porção de Efésios 6 que tratava sobre a armadura de Deus. Para melhor entendimento dos que estavam nesta reunião, ele se vestiu com uma armadura e disse a todos na plateia: “Estou com a armadura de Deus, onde está o inimigo? ”. A isso, um homem, que tinha muita experiência de vida com Deus, estava sentado com os demais respondeu: “O inimigo está dentro da armadura! ”. Ele estava lá pronto para lutar contra o inimigo fora, mas o maior inimigo era aquele que estava dentro da armadura, ele mesmo. Somos nosso maior inimigo. Quem realmente pode nos frustra de chegar ao final da carreira, das metas e desafios que temos, somos nós mesmos. Esse é o dano causado pelo velho homem, nosso ego, a vida da alma, a natureza caída que recebemos de Adão.

Pelo fato de amarmos muito a nós mesmo, não estamos dispostos a esmurrar nosso próprio corpo, ou seja, a negar a nós mesmos e tomar a cruz de Cristo para seguir-Lo, e acabamos combatendo, lutando contra nosso matrimonio, família, amigos, vizinhos, lutamos contra todos. É assim que surge os desentendimentos, os mal-entendidos e as diferenças entre as pessoas. É necessário que fique muito claro para nós que somos o nosso maior inimigo.

Nosso velho homem nos engana diariamente, impedindo-nos de conhecer mais a Cristo. Por meio da leitura da Bíblia e da oração em comunhão com Ele podemos conhece-Lo de maneira viva e real. Contudo quantos hoje pratica, esses itens básicos da vida cristã que são imprescindíveis para O conhecermos? Consideremos se o Cristo que conhecemos hoje é o mesmo de um mês atrás. Se for o mesmo, isso indica que não estamos vivendo adequadamente. É preciso despender tempo em comunhão com o Senhor para isso. Muitos alegam falta de tempo para ler a Palavra de Deus e orar, mas muitos são ativos nas redes sociais, tem disposição para assistir cinco a seis horas de uma serie e sair para se divertir. Diante do Senhor, naquele Dia, esses mesmos atos serão provas contra eles de que o tempo que dispunham foi desperdiçado. Desperdiçamos tempo por causa desse inimigo, que somos nós mesmos, contra quem precisamos lutar.

Outro problema que muitos enfrentam por causa da velha natureza é a falta de vontade. Muitas vezes adiamos nosso tempo de comunhão com o Senhor simplesmente por não ter vontade de fazê-lo naquele momento. 1 Coríntios 9:17 o apóstolo Paulo dá outro testemunho de sua experiência que nos mostra que ele também teve de enfrentar esse grande problema. Paulo claramente declarou que fez coisas sem vontade de fazer, simplesmente por causa da sua responsabilidade. Seu corpo não queria fazer a sua alma tampouco cooperava diante da necessidade do Senhor, contudo ele em tudo se dominava e esmurrava o seu corpo por causa da responsabilidade que Deus lhe havia confiado. Essa porção é de grande ajuda para todos nós. Quando surge os sentimentos de indisposição para ir à igreja, para ler a Bíblia, orar, pregar o evangelho, etc., devemos ordenar a nós mesmos que cumpramos com a responsabilidade que Deus nos entregou. Nesses momentos devemos lembrar-nos de que não somos senhores de nós mesmos, mas que Jesus é o Senhor de nossa vida. Não é nosso corpo ou nossa mente que determina as ações, e sim o Senhor Jesus, que está em nosso espírito. Estamos nesta terra para fazer a vontade de Deus, e não a nossa. Nosso velho homem e nossa carne não deseja morrer, contudo a razão de nossa carreira cristã é o chamamento de Deus para ela, o cumprimento do Seu plano para nós.

Por isso, querido leitor, ao mesmo tempo em que corremos nossa carreira, lutamos contra os inimigos que há dentro de nós. Sabemos que o grande inimigo que pode nos eliminar da corrida, nos desclassificar desta carreira, somos nós mesmos. Então, em tudo nos dominamos, esmurramos nosso corpo e o reduzimos à escravidão, pois almejamos ganhar a coroa da justiça, que é incorruptível.

Leave a Comment